WordPress: 4 passos para usar essa ferramenta ao seu favor

WordPress: 4 passos para usar essa ferramenta ao seu favor

Seja pela fácil utilização ou pela quantidade de plugins e ferramentas disponíveis para utilizar e tornar o site ainda mais otimizado, o WordPress é uma das plataformas mais utilizadas por grandes e pequenas empresas na hora de criar um site ou um blog. Todavia, conhecer de fato essa ferramenta e fazer com que ela trabalhe a seu favor pode ser um verdadeiro desafio.

Afinal, quais são os principais widgets que um site deve ter? Quais métricas é necessário entender para torná-lo um sucesso? É possível trocar o autor de um post? Todas essas dúvidas – além de diversas outras – podem surgir.

É por isso que separamos, neste artigo, 4 passos para você conseguir aproveitar o máximo que o WordPress oferece e fazê-lo trabalhar a seu favor.

1. Conhecer O Guia do WordPress

Dentro do próprio site, o WordPress possui um Guia de Início Rápido para aprender a mexer facilmente nas ferramentas mais utilizadas na rotina dentro da plataforma.

Existem seções de:

  • Ambientação e instalação;
  • Criação de conteúdo;
  • Estilização do site;
  • Adição de mais funcionalidades;
  • Entendimento do código.

Como é um guia rápido, as informações são dadas de maneira para ir direto ao ponto. Vale muito a pena a leitura se você ainda não conhece a plataforma e está meio perdido.

2. Otimizar tudo para SEO

Search Engine Optimization, ou simplesmente SEO, está relacionado a otimizar seu site para que ele apareça logo nas primeiras páginas dos principais buscadores. Para isso, você vai precisar fazer um planejamento de palavras-chave dentro do seu conteúdo e otimizar todo o site e os posts do blog.

É importante lembrar que, ao produzir um conteúdo, deve-se ter em mente que é preciso responder as dúvidas do público e que o conteúdo deve ser otimizado para o algoritmo. Se você pensar apenas em SEO, pode acabar criando um conteúdo que não é relevante.

Yoast é uma ferramenta para que você possa verificar se o seu site está otimizado. Caso não esteja, ele irá te informar os principais erros.

Esse é um passo muito importante para que você consiga atrair novos visitantes e aumentar suas visualizações.

3. Definir plug-ins

O WordPress oferece diversos widgets para seus usuários, desde otimização de posts para SEO até calendários. Logo, é importante saber quais são importantes para melhorar a navegação no seu site para o público.

Além disso, a definição dos plug-ins que serão habilitados ou não é muito importante para a otimização do site. Evite encher de coisas desnecessárias, uma vez que podem acabar tornando o carregamento das páginas mais lento.

4. Estude ao máximo a ferramenta

Agora que você já sabe o básico para colocar seu site no ar e começar a postar, é hora de estudar. Existem diversos cursos gratuitos e pagos disponíveis na internet, explicando desde funções simples até o que tem de mais avançado no WordPress.

Conhecer e adaptar a ferramenta para os seus objetivos é o necessário para que ela trabalhe a seu favor.

Se você gostou desse conteúdo e quer começar a produzir conteúdos para o seu site no WordPress, acesse nosso e-book sobre Inbound Marketing.